Em reunião extraordinária, a Instância Nacional de Coordenação para o Fundo Global aprovou, nesta sexta-feira 30 de Janeiro, três documentos estratégicos de orientação para os próximos anos.

Os documentos que mereceram a apreciação positiva por parte dos membros da Instância Nacional de Coordenação para o Fundo Global são o Plano de Trabalho 2015-2016, o Plano de Comunicação e o Manual de Procedimentos da INC-FG.

Conforme a notificação feita, a 27 de Janeiro, à INC-FG, o país conseguiu um financiamento no valor de 1.282 149 dólares equivalente à 931. 251 Euros, junto do Fundo Global (FG), para os programas de luta contra o paludismo até 2017.

Este financiamento surgiu na sequência da apresentação ao FG da Nota Conceptual de luta de Luta contra o Paludismo 2015-2017, em Outubro do ano passado, cujo objetivo principal é manter a incidência do paludismo a menos de 1 caso autóctone por 1000 habitantes ao ano, em todo país, até 2017 e contribuir para a consolidação do processo de pré-eliminação do paludismo.

O montante vai custear várias atividades prevista no documento dentre os quais a melhoria na gestão institucional do programa, o controle vetorial, o reforço dos sistemas comunitários, sistemas de informação de saúde, seguimento e avaliação bem como o manejo dos casos. Cabo Verde ambiciona eliminar o paludismo até 2020.

 
 
Ministério da Saúde
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
Direitos de autor © 2022 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.