O ato teve lugar na manhã desta quarta-feira, 18 de maio na cidade da Praia. Na sua intervenção o Ministro da Saúde felicitou os novos órgãos eleitos e empossados da Ordem dos Farmacêuticos de Cabo Verde e a sua Bastonária reeleita, Marcília Fernandes, pelo profissionalismo, entrega e contribuição à causa da saúde dos Cabo-verdianos e disse que o setor farmacêutico é vital para a proteção da saúde da população, mas também, um fator preponderante para o desenvolvimento económico e social do país.

“Reconhecemos o contributo insubstituível da Ordem dos Farmacêuticos nos ganhos que o setor farmacêutico tem evidenciado nos últimos anos.”

1Z5A3736Arlindo do Rosário reconheceu também que existem uma boa parceira entre o Ministério da Saúde a as ordens profissionais, neste caso, a Ordem dos Farmacêuticos  e apontou como um dos exemplos desta parceria, o desenvolvimento do documento orientador da harmonização das curricula para a licenciatura em Ciências Farmacêuticas e outras formações na área da farmácia, e a contribuição na elaboração do documento de Política Farmacêutica Nacional e de vários diplomas legislativos estruturantes da Política Nacional de Saúde.

Neste particular, afirmou que o Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Saúde, tem, ao longo dos últimos anos, e cada vez mais, contratado e dotados as estruturas públicas de saúde com mais farmacêuticos e técnicos de farmácia, bem como tem prestado uma atenção particular à regulamentação da atividade farmacêutica hospitalar nas estruturas de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

De acordo com o Ministro, sistema público de saúde, conta agora com mais de 40 profissionais, que exercem as funções em todos os hospitais centrais e regionais, em alguns centros de saúde, bem como nos serviços centrais, específicos da área farmacêutica.

Na ocasião forma empossados a Mesa da Assembleia Geral, o Conselho Diretivo Nacional, o Conselho Diretivo Regional e o Conselho Jurisdicional.

De entre as várias atribuições, a OFCV é uma Associação Pública Profissional representativa dos farmacêuticos que deve defender e incentivar o respeito e a observância dos princípios que informam a dignidade farmacêutica e o exercício da profissão nos domínios da ética e da deontologia profissional e coadjuvar o Ministério da Saúde nas ações que visa o cesso dos cidadãos aos cuidados médicos e farmacêuticos medicamentosa, preventivos, curativos e de reabilitação.

 
 
Ministério da Saúde
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
Direitos de autor © 2022 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.