Neste encontro, que teve lugar nesta quinta-feira 12 de maio, à margem da Reunião dos Ministros da Saúde da CEDEAO em Acra, Gana, o Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, manifestou o reconhecimento de Cabo Verde pelo apoio que o Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP) tem dado ao país nomeadamente na área da saúde sexual e reprodutiva sendo que os ganhos conseguidos até o momento são indicadores que destacam o país na sub-região e não só.

280186156 692318981978335 1431531154513924605 nDa parte do Fundo das Nações Unidas para a População, a sua Diretora Regional, Argentina Matavel Piccin, considerou que ao nível dos indicadores de saúde sexual e reprodutiva o país se encontra bem posicionado e manifestou toda a disponibilidade da sua Organização em continuar a apoiar Cabo Verde sobretudo na área da saúde da mulher, dos adolescentes e jovens, tendo em foco a promoção dos diretos da saúde sexual e reprodutiva bem como no domínio do planeamento estratégico.

De ressaltar que de acordo com os dados do Ministério da Saúde, a taxa da mortalidade neonatal tem registado uma diminuição, passando de 15/1000 em 2015, para 11,6% em 2020, a taxa de gravidez na adolescência passou de 23,9% em 2011 para 15,8% em 2020. O IDSR III mostrou também que o planeamento familiar foi de 63% para todas as mulheres sendo que a maior procura foi de mulheres solteiras representando 89%. A taxa da 1ª consulta de pré-natal nos serviços públicos de saúde situou-se em 91,4% em 2020.

O Fundo das Nações Unidas para População (FNUAP) é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais. Desde sua criação, em 1969, tem sido um ator chave nos programas de desenvolvimento populacional relacionados com os temas de saúde sexual, reprodutiva e igualdade de gênero. 

Os principais objetivos do FNUAP, desde então, são ampliar as possibilidades de mulheres e jovens levarem uma vida sexual e reprodutiva saudável, acelerar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário e a maternidade segura e busca a efetivação dos direitos e oportunidades para as pessoas jovens.

 O FNUAPtambém ajuda os países a utilizar dados populacionais para antecipar os desafios futuros; oferece assistência técnica que fortalece e empodera seus parceiros; apoia a formulação de políticas e a construção de capacidades nacionais, assegurando que a saúde reprodutiva e os direitos das mulheres e pessoas jovens permaneçam como questões centrais na agenda do desenvolvimento.

 
 
Ministério da Saúde
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
Direitos de autor © 2022 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.