Este objetivo foi expresso, durante uma ação de capacitação sobre cuidados integrados à pessoa idosa (estratégia ICOPE) dos profissionais de saúde, na Delegacia de Saúde de São Domingos, presidido pelo Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Evandro Monteiro.

Segundo este governante, trata-se de uma ação formativa que, de forma clara e evidente, reforça a política nacional de salvaguardar os direitos fundamentais da pessoa idosa no que se refere à acessibilidade, à integralidade e à complementaridade subjacentes aos cuidados da saúde, contribuindo para o reforço das respostas necessárias.

1Z5A3165“Esta formação, e a implementação integrada do Plano Estratégico Nacional para o Envelhecimento Ativo e Saúde do Idoso, em estreita complementaridade com outros planos sectoriais, reflete também o nosso compromisso, enquanto Estado de Cabo Verde, para com a nossa população idosa, conferindo com isso, mais vida e mais qualidade aos anos, isto é, promover um envelhecimento saudável da nossa população”.

Segundo afirmou, o Ministério da Saúde através do Programa Nacional de Saúde do Idoso da Direção Nacional da Saúde tem estado a trabalhar em parceria com vários parceiros para dotar as estruturas de espaços próprios, adequados, responsivos e cada vez mais próximos das comunidades, para atender de forma mais integrada possível à demanda desta franja da população. Por isso, faz todo sentido o reforço da capacitação dos profissionais de saúde, dos cuidadores e dos familiares.

A população idosa Cabo Verdiana ronda os 7% segundo as projeções do CENSO de 2021, até 2030, representarão 12% da população cabo-verdiana.

A nível mundial, e de acordo com a Década do Envelhecimento Saudável (2020-2030 OMS) em 2050, a população global de pessoas idosas terá mais do que dobrado, alcançando a marca de 2,1 bilhões de pessoas, em todo mundo, sendo que este aumento será maior e mais rápido em países em desenvolvimento.

A Formação dos Profissionais de Saúde que Cuidam da Pessoa Idosa (ICOPE) já vai várias sessões e desta vez, beneficia cerca de 35 profissionais. Está enquadrado no âmbito da implementação do Envelhecimento Saudável 2020-2030, Atenção integrada para as Pessoas Idosas (ICOPE) e está a ser implementada em parceria com a OMS e OOAS. Esta formação visa dotar os formados de mais e melhores capacidades e conhecimento técnicos sobre a Atenção integrada a pessoa idosa.