O Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que visitou hoje 12 de outubro a sede da VERDEFAM na Praia, reconheceu o contributo da Associação Cabo-verdiana para a Proteção da Família na saúde sexual reprodutiva em Cabo Verde e no combate à pandemia da Covid19.

Arlindo do Rosário considerou que “Se há uma área onde Cabo Verde tem resultados muito concretos e positivos é na área da saúde reprodutiva e isso deve-se a um trabalho que tem sido realizado não só pelos serviços públicos, sector privado, mas também pelas ONG’s, e dentro destas ONG’s a VEDEFAM é claramente uma instituição que tem contribuído para os ganhos que nós temos na área da saúde reprodutiva em Cabo Verde” disse.

1Z5A4473Trata-se de uma visita que se enquadra no âmbito de uma serie de decolaçãos que o Ministro da Saúde vai fazer a várias instituições e ONG’s que intervém na área da saúde sexual e reprodutiva, mas também noutras áreas ligadas à saúde, pois de acordo com Alindo do Rosário, o Ministério tem apostado num trabalho multissectorial na abordagem das questões de saúde para que de forma conjunta e articulada e com objetivos bem definidos se conseguir alcançar cada vez mais, às comunidades e às populações.

Durante a reunião os dois dirigentes abordaram vários assuntos que tem a ver com o trabalho que a VERDEFAM tem feito no contexto da pandemia da Covid19, apoiando nas questões de sensibilização para prevenção e disponibilização dos postos móveis para vacinação contra a covid19, sobretudo na Região Santiago Norte, nomeadamente nas localidade de difícil acesso, a questão da saúde sexual e reprodutiva do homem, a problemática das doenças oncológicas, acesso as cuidados de saúde sexual e reprodutiva aos adolescentes e às minorias sociais.

Já o presidente da VerdeFam, Francisco Tavares, sublinhou que esta é a primeira visita que um Ministro da Saúde faz à instituição, o que mostra “a excelente cooperação que vem sendo desenvolvido”, tendo em conta que a organização actua a título subsidiária na área da saúde sexual reprodutiva, apoiando-se nas políticas de saúde que o Governo define.

“Foi uma oportunidade para conversar sobre a cooperação estabelecida até agora, mas também sobre desafios emergentes, que têm a ver com melhorar ainda mais a saúde sexual reprodutiva dos adolescentes, dar melhor atenção a aqueles que correm o risco de ficar para trás, como a comunidade LGBTI, cuidar melhor da saúde sexual reprodutiva das pessoas com deficiência, dos usuários de drogas e dos profissionais do sexo”, informou.

Esta visita teve como propósito para além de conhecer as instalações desta instituição, partilhar informações sobre o programa do Governo em matéria da saúde sexual e reprodutiva, com vista a preparação de um workshop de reposicionamento estratégico VEDEFAM que deverá resultar num novo plano estratégico 2022-2026, bem como a preparação de um Fórum de discussão sobre os desafios da saúde sexual e reprodutiva pós Covidi19.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2021 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.