Arlindo do Rosário, Ministro da Saúde, que realizou uma visita, neste dia 27 de agosto, a alguns municípios de Santiago Norte, como o objetivo de se inteirar do processo de vacinação contra covid19 na região e acompanhar os progressos após a visita efetuada pelo primeiro-ministro, no inicio do mês, faz um balanço positivo do que viu e ouviu das autoridades locais.

“O balanco é positivo. De facto, desde há várias semanas, nota-se claramente um aumento do ritmo de vacinação nos concelhos de Santiago Norte particularmente os que visitei hoje nomeadamente, Santa Cruz, São Miguel e Santa Catarina.

1Z5A1700 1O Ministro assegurou que durante o mês de setembro, a região Santiago Norte, irá atingir pelo menos 70% da sua população vacinada. Pois, os dados têm mostrado uma outra dinâmica como maior afluência da população.

“É evidente que a nível nacional queremos atingir os 70% ainda em meados de setembro, e avançarmos com a meta avançada pelo Primeiro-ministro de chegarmos aos 85% da população nacional vacinada” reforçou.

Na região Santiago Norte a taxa de vacinação está por volta de 46%, segundo avançou o ministro, salientando que ainda está abaixo da média nacional que, neste dia, era de 64%, mas considerou que pelo ritmo de vacinação que está em curso, vai se alcançar, no mês de setembro os 70% ao nível da região.

Instado a falar sobre o impacto das novas medidas publicadas pelo governo, Arlindo do Rosário, disse que estas medidas têm impulsionado mais adesão à vacinação na medida em que todos os profissionais do sector público e privado que lidam com a população tenha a necessidade de ter a sua vacina ou teste negativo.

Arlindo do Rosário disse também que o Ministério da Saúde já solicitou junto do INE, os dados mais atualizados e desagregados do último senso da população elegível á vacinação por concelho, por forma a ajustar as taxas de cobertura de vacinação existentes.

Durante esta visita, o governante registou segundo frisou, um grande envolvimento dos parceiros ao nível da região neste processo de vacinação, nomeadamente as Câmaras Municipais, Policia Nacional, a Proteção Civil, Confissões Religiosas, Verdefam, Morabi, Cruz Vermelha, Ministério da Educação, entre outros.

“É um djunta mó de todos para realmente atingirmos algo que não é apenas um número, mas sim uma questão de saúde e fazer com o país esteja, cada vez, mais livre e mais seguro do ponto de vista sanitário.

O Ministro deixo a mensagem de encorajamento as equipas de vacinação e á população da região para que adiram a campanha de vacinação e ajudem o país a atingir a meta proposta.

Esta visita a região foi acompanhada pelos Presidentes de Câmaras Municipais de Santa Cruz e de Santa Catarina, da Vereadora para área da saúde da Câmara Municipal de São Miguel. O Ministro se reuniu ainda com a responsável da área da saúde da Universidade de Santiago, lugar onde já se encontra a funcionar um posto de vacinação.

O titular da pasta da saúde aproveitou visita ainda para se reunir com as equipas de luta antivectorial em Santa Catarina de Santiago que neste momento está a fazer o trabalho de pulverização para evitar a proliferação de mosquitos e consequentemente a transmissão de doenças como o paludismo.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2021 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.