No âmbito do Plano de actividades de luta anti-vectorial a Sra. Ministra-adjunta e da Saúde, Cristina Fontes, acompanhada da Inspectora Nacional e do Delegado de Saúde da Praia, iniciou uma visita de dois dias, com objectivo de fazer o levantamento da situação no terreno.

A visita surge na sequência da reunião interministerial Luta anti vectorial realizada a 31 de Julho de 2012. E teve início às 9h, na sede da Delegacia de Saúde da Praia, seguido das Ribeiras da Granja, da Tchetchénia Covão Mendes e por fim a ribeira de Fonton.

Na declaração aos meios de comunicação social sobre este plano, a Ministra alega que os intervenientes desta área têm trabalho desde Abril com acções intensas, nomeadamente pulverizações na cidade da praia, de forma a manter os níveis da densidade do mosquito.

Neste sentido o Ministério da Saúde realizou alguns estudos de densidade, para evitar a propagação dos mosquitos, por outro lado a equipa de luta anti vetorial da Delegacia de Saúde faz o seguimento diário dos pontos considerados focos do mosquito a alguns pontos que segundo ela suscita algumas preocupações.

Cristina Fontes, enfatizou que é fundamental o envolvimento das populações sobretudo apostar no saneamento das suas zonas, neste sentido faz um apelo “para que mantínhamos na Praia como em outros pontos do País, a atenção necessária porque não estamos salvos de ter problemas…”.

 

“vamos continuar a dar as informações para que todos possamos fazer melhor, o objectivo é não termos paludismos autóctones, o desafio que queremos fazer à população é que cheguemos ao fim deste ano com zero casos de paludismo autóctones”. frisou a Ministra.

 

 

Para além da Câmara Municipal foram convidados a participar desta visita parceiros da Delegacia de Saúde da Praia, nomeadamente o Comando da Terceira Região militar; Serviço Nacional da Proteção Civil e a City Habitat.

 

Conforme os dados estatísticos em 2010 foram detectados 18 casos de Paludismo autóctones, em 2011, 7 casos e neste ano (2012) até este momento não se detectou nenhum caso.

 

De recordar que no dia 02 de Agosto, será a vez da Stª. Cruz a partir do centro de saúde, seguida da Achada Fazenda (na casa onde ocorreram os 4 casos autóctones de 2011 e arredores) e depois passa-se pela zona de Salina e por fim Achada Fátima.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2019 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.