Na sua intervenção, Arlindo do Rosário, Ministro da Saúde de Cabo Verde, falou em nome dos países de Língua Portuguesa e felicitou o Diretor-Geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, pela sua reeleição esperada e reconheceu a sua liderança particular nos dois últimos anos, durante a crise pandémica.

reConsiderou também que a crise pelo qual o mundo atravessa tem mostrado que a saúde só é possível num clima de paz, neste sentido disse que a CPLP considera que é necessária e urgente trabalhar para a construção de uma paz duradoura e justa baseada sobre o diálogo e a resolução pacífica dos conflitos bem como continuar a construir sistemas de saúde resilientes que possam fornecer serviços a todos e em todos os lugares sem deixar ninguém para trás.

 Informou que a retoma pós pandemia e os desafios com que os sistemas de saúde são confrontados estiveram presentes durante 6ª Reunião dos Ministros da Saúde da CPLP que na ocasião renovou o seu engajamento em favor do Programa 2030 dando prioridade aos cuidados de saúde primários como elemento fundamental estruturante da Cobertura Universal de Saude (CUS).

Disse ainda que os países lusófonos duarte esta Reunião retiraram a necessidade continuar a partilhar de maneira regular e em tempo oportuno as informações sanitárias para o reforço da vigilância e das respostas rápidas às urgências em saúde pública incluindo o reforço dos sistemas de saúde, como ações uteis para a retoma pós pandemia.

Tendo em conta o impacto da pandemia nas doenças não transmissíveis, o Ministro Arlindo do Rosário disse que os países lusófonos decidiram de elaborar um plano para a luta contra as doenças não transmissíveis e levar o acesso ao diagnóstico, tratamento e ás vacinas.

Arlindo do Rosário disse que a CPLP exprime o apoio para as iniciativas de colaboração para acelerar a produção local de vacinas e a CPLP exorta a OMS a continuar os esforços para ajudar os países a vencer os desafios em matéria de saúde pública e os esforços para o restabelecimento dos seus sistemas de saúde nacionais e atingir a cobertura universal da saúde.

jh