O Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que discursava na cerimónia de abertura do IV Congresso Internacional da Ordem dos Médicos Cabo-verdianos, que teve lugar na tarde desta sexta-feira 24, na Assembleia Nacional, sob o lema “Evolução da Medicina em Tempos de Pandemia”, disse que a pandemia deixou mais forte e mais resiliente o nosso Sistema Nacional de Saúde.

1Z5A3686Congratulou-se com a realização deste IV Congresso da Ordem dos Médicos, pois disse ser sempre um momento importante na vida do país, mas também de avaliação da política de saúde.

Confira parte da intervenção do Ministro, falando sobre como o país se mobilizou para enfrentar a pandemia pelo SARS-CoV-2.

“Batalhas foram travadas em várias frentes!

Antes mesmo do aparecimento do primeiro caso, em março de 2020 o país já tinha elaborado o seu plano de contingência e resposta.

Retardamos até onde foi possível a entrada do vírus e a sua propagação com medidas de confinamento e de isolamento social.

Melhoramos em tempo recorde a nossa capacidade de diagnóstico laboratorial, que foi se alargando progressivamente, assim como a capacidade de testagem.

Instalamos centros de isolamento institucional e criamos mecanismos de acompanhamento dos casos infetados em isolamento domiciliar seja através de visitas de equipas de saúde, seja através da linha verde, criada e estruturada especificamente para responder às questões da COVID-19.

Abastecemos todas as estruturas com equipamentos de proteção individual, medicamentos, oxigénio, entre outros.

Reorganizamos os serviços de atendimento nos Centros de Saúde e nos Hospitais por forma a respondermos quer os casos suspeitos e/ou confirmados de Covid-19, mas sem descurar também de todas as outras patologias.

Instalamos salas de cuidados especiais em todos os Hospitais Centrais e Regionais e nos Centros de Saúde nas ilhas sem hospitais.

Reforçamos as consultas de telemedicina e o sistema de informação sanitária e recrutamos cerca de quatrocentos novos profissionais, formamos e capacitamos os que já estavam integrados no sistema e reforçamos a nossa cooperação internacional para colmatar as áreas de intervenção que a nível nacional não estavam disponíveis.

As atividades no âmbito de comunicação de risco ganharam preponderância. Informamos e temos estado a informar à população diariamente, de forma transparente e fidedigna a evolução da pandemia desde o seu início.

A saúde ganhou uma nova centralidade!

1Z5A3699O governo elegeu o combate a pandemia como uma prioridade e aumentou o investimento na saúde com dois orçamentos retificativos nos últimos anos e foram mobilizados recursos materiais e financeiros importantes através da cooperação multi e bilateral.

A meta estabelecida de vacinar pelo menos 70% da população elegível, população acima dos dezoitos anos com pelo menos uma dose de vacina, até ao final do ano foi atingida quando ainda faltavam quatro meses para o final do prazo.

O programa de vacinação contra a COVID-19 continua em muito bom ritmo e mais de 30% da nossa população já está completamente vacinada.

Permitam-me deixar aqui uma mensagem de profundo reconhecimento em nome do Governo e do Ministério da Saúde em particular, aos parceiros da cooperação multilateral e bilateral que quer através do mecanismo de facilitação COVAX quer diretamente Estado a Estado disponibilizaram as vacinas.

De segunda a segunda, sem descanso, sem tempo para as suas famílias, as equipas de vacinação, vêm realizando um trabalho deveras extraordinário.

Vacinando nos Centros, vacinando nos domicílios pessoas acamadas ou com défices de mobilidade, subindo montanhas, percorrendo achadas e cutelos, indo ao encontro da população sempre hasteando a bandeira da fé, amor e profissionalismo. Parabéns para esses bravos profissionais de Santo Antão à Brava!”

O IV Congresso Internacional da Ordem dos Médicos de Cabo Verde decorre na cidade da Praia de 23 a 25 de setembro, tendo no centro das discussões a pandemia da Covid19.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2021 Ministerio da Saúde. Todos os direitos reservados.