foto abertura semana do bebéA cerimónia de abertura oficial da III edição da Semana do Bebé sob o lema “Todos juntos pela primeira Infância, na luta contra anemia em Cabo Verde” teve lugar na manhã desta terça-feira, 01 de outubro, na ilha do Maio, e foi presidida pelo Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, na presença de representantes dos parceiros desta iniciativa nomeadamente, a Delegacia de Saúde do Maio, a Unicef, a CIMPOR e a Câmara Municipal do Maio.

No seu discurso, Arlindo do Rosário, realçou que em relação á anemia a meta é reduzir a taxa de prevalência em 20%, o que irá contribuir para alcançar alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030. “Se já conseguimos diminuir a taxa de prevalência de 70 para 43%, com algumas medidas implementadas e com o envolvimento da população, creio que temos todas as condições para alcançar essa meta”. Conforme afirmou o governante, o país conseguiu criar condições para alcançar bons níveis de segurança alimentar e nutricional.

Consciente do excelente caminho percorrido nesta matéria, temos todas as condições para atingir os nossos objetivos, e é neste sentido que o governante apelou ao engajamento de todos, os pais e encarregados de educação bem como os educadores, professores e todos aqueles que cuidam das crianças, pois “precisamos continuar a investir, sendo que o nosso maior problema não é do acesso á alimentação, mas sim é da qualidade dos alimentos que consumimos”.

“Estamos num bom caminho, entretanto o envolvimento de todos vai permitir que consigamos atingir o objetivo de reduzir a prevalência da anemia no país” explica o ministro.

Particularmente, quanto à ilha do Maio, reconheceu Arlindo do Rosário que apresenta bons indicadores de saúde, nomeadamente, a mortalidade infantil e materna, a esperança de vida, “uma referencia que nos motiva para alcançar os nossos objetivos a nível de saúde”.

Por seu turno, o Administrador da CIMPOR, João Brito e Cunha, sublinhou que ao abraçar esta iniciativa, a Semana do Bebé cumpre na íntegra os objetivos que motivarem a sua criação pois, é crucial que todos os indivíduos e todas as comunidades, tenham o real conhecimento do que é a anemia e as consequências nefastas, tanto para o individuo, como para a nossa sociedade.

Paula Maximiano, representante da UNICEF, salientou que os bons indicadores do país têm demonstrado que “há um rigor, há um empenho técnico, político, face aos objetivos proclamados pelo país e que vai ajudar CV a atingir os ODS”. Apesar dos bons resultados, explica Maximiano que ainda subsistem desafios relativos à anemia, “um problema que afeta as nossas crianças menores de cinco anos”.

No decorrer da cerimónia foram realizadas atuações musicais com a Orquestra do Morro e dança com crianças do grupo Geração Cristã.

De referir que o arranque da semana, contou ainda com a realização de um encontro de sensibilização sobre a anemia e das estratégias de luta para a sua redução, com as monitoras e cozinheiras dos jardins infantis e escolas da ilha do Maio.

A Semana do Bebe é uma estratégia de mobilização social que coloca a primeira infância no centro da atenção das comunidades e do poder público. Com intuito de promover a discussão sobre os cuidados com o desenvolvimento dos bebés desde a gestação, avaliando indicadores sociais, defendendo os direitos das gestantes e crianças, orientando e prestando assistência às famílias.

Este ano a terceira edição da semana do bebé decorre de 30 de setembro a 05 de outubro, com foco na luta contra a anemia em Cabo Verde.

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2019 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.