No passado sábado, 23 de fevererio o Hospital Dr. Agostinho Neto recebeu a oferta de uma Máquina de Purificação da Água, oferecida pela empresa chinesa Macau Plops Investimento e Promoção Campanhia Limitada com objetivo de melhorar o fornecimento de agua potável nos hospitais.

Durante a cerimónia de entrega, o PCA do Hospital Agostinho Neto, Júlio Andrade, agradeceu a doação explicando que esta iniciativa “vai permitir ao hospital disponibilizar água de qualidade para todos os colaboradores e utentes” e acrescenta que “pretendemos juntamente com o Ministério da Saúde ainda adquirir mais equipamentos tendo em conta a dimensão do hospital”.

Considera ainda Júlio Andrade que esta doação significa muito para o país que está a fazer um esforço enorme para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. “Na área da saúde é a nossa responsabilidade, e da nossa parte estamos a contribuir para cumprir com os ODS 6 e 7 que é de assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos e assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos”, afirma Júlio Andrade. 

O responsável do HAN proveitou para salientar um conjunto de medidas recentes feitas pelo hospital, nomeadamente a nível de energias renováveis, através da instalação de painéis fotovoltaicos para a produção de energia “que vai nos permitir diminuir o custo de energia a 25% e permite, também, ter painéis solares para o sistema de aquecimento de água”.

Por seu turno a presidente da Cabo Verde TradeInvest, Ana Barber, lembrou que esta doação “é um ato que culmina um processo que se iniciou em julho de 2018 com a entrega formal do certificado dos equipamentos em Macau (no Forum Macau, onde a Trade Invest foi o ponto focal), ao delegado de Cabo Verde. Acrescentou que “são ofertas como estas, que apoiam o país para dar passos mais firmes na melhor contrução da sua imagem e capacidade de atração de outras entidades parceiras ou mesmo invesridoras”.

O Diretor da empresa Macau Plops Investimento e Promoção Campanhia Limitada, Lao Chio, explicou que trata-se de uma máquina que produz água, oferecendo assim às pessoas uma água potável e pura. Destacou a cooperação existente entre esses os dois países afirmando que “Macau desenvolve uma boa relação de amizade com os países de língua oficial portuguesa, e a nossa empresa apoia a relação de amizade entre Macau e os países de língua oficial portuguesa”.

Quanto à doação, afirma que a água é um elemento indispensável para a sobrevivência e é neste contexto que apela às pessoas no sentido de consumirem a água. “Podem consumir esta água com a total segurança e confiança” assegura.

De realçar, que esta oferta no valor 50,000 Dolares, contempla duas máquinas, uma instalada no hospital Dr. Agostinho Neto na Praia e outro no hospital Dr. Batista de Sousa, em São Vicente. 

Para além de Cabo Verde a doação é feita a outros três países língua portuguesa de África: Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé com intuito de levar o sistema de purificação da água mais avançada do mundo para os povos desses países.

Esta doação está enquadrada no projeto “Viva Água” que tem como objetivo melhorar a qualidade da agua potável dos países africanos, e disponibiliza-la a um valor mais baixo.

foto purificacao de agua HAN

 

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2019 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.