Assinala-se, anualmente, a 24 de outubro, o Dia Mundial de Luta contra a Poliomielite, e é neste âmbito a Rotary Club da Praia e Maria Pia realizou ontem 22, o ato central das comemorações desta efeméride. A cerimónia foi presidida pelo Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, que defendeu que a luta contra a poliomielite merece ser assinalada por aquilo que representa: determinação; ambição; organização; compromisso; capacidade de dar de si antes de pensar em si.

 No tocante à iniciativa global de erradicação do pólio, conseguiu-se, o que poucas vezes se tem conseguido comparativamente a outras doenças, unir sob o mesmo propósito, os governos, o setor privado, a sociedade civil e as comunidades, afiança o governante.

No entanto, Arlindo do Rosário lembra que “Cabo Verde está certificado como país livre da pólio”, mas alerta que a erradicação da pólio na região africana e no mundo ainda não foi conseguida.

“Só estaremos seguros da poliomielite, se o mundo conseguir passar da fase de eliminação para a fase de erradicação. Não estaremos livres dessa doença enquanto a erradicação não for global, disse o governante.

Nesta lógica, sublinha o ministro a importância crucial da Rotary Internacional, no seu compromisso com esta agenda de um Cabo Verde consolidado na sua condição de país livre de pólio e de um mundo livre do pólio.

 A nível mundial, o ministro reforçou ainda que existe o risco de se retirar da agenda global a questão da poliomielite e comprometer assim não só o engajamento político, como do financiamento sobretudo do setor privado e de outras instituições que participaram do processo de eliminação.

foto Dia Mundial de luta contra a polio

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2018 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.