Decorreu nesta segunda feira, (15), na Cidade da Praia, a cerimónia de passagem simbólica da Presidência da Pro Tempore da agenda de saúde da CPLP (transição técnica) do Brasil para Cabo Verde. O evento que foi presidido pelo Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, acolheu também a abertura da I Reunião de Bancos de Leite Humano da CPLP, que acontece de 15 a 17 de outubro, com o objetivo de consubstanciar a elaboração do Plano de Ação de implementação para a criação da Rede de Banco de Leite da CPLP (rBLH-CPLP).

Na sua intervenção, o ministro evidenciou que Cabo Verde, com determinação, responsabilidade e entusiasmo “procurará honrar e cumprir com os compromissos, que os nossos países, através dos Ministros da Saúde, acordaram no Plano Estratégico de Cooperação na área da saúde aprovado em outubro de 2017.

“Trata-se efetivamente, de materializar um plano ambicioso e que reafirma a cooperação técnica na área da saúde como uma das fortes expressões dos nossos esforços conjuntos visando melhorar a saúde nos nossos países”, reiterou.

Conforme o governante, Cabo Verde, durante a sua presidência pro tempore, trabalhará com todos os países da comunidade para a consolidação das redes estruturantes de saúde da CPLP, nomeadamente, da Rede de Institutos Nacionais de Saúde Publica (RINSP), da Rede de Investigação em Saúde (RIDES), tendo o Plano Estratégico de Cooperação em Saúde como um chapéu de nossa cooperação no espaço da lusofonia.

Particularmente sobre a rede de Bancos de Leite, Arlindo do Rosário acrescentou que na linha dos compromissos da Agenda 2030 assumidos no Plano Estratégico de Cooperação da CPLP, “Cabo Verde irá trabalhar junto dos governos dos países da nossa comunidade, na promoção do alargamento da rede de Bancos de Leite”.

Por seu turno, o Diretor Nacional de Saúde, Artur Correia, explicou que Cabo Verde tem sido uma referência na área da saúde em vários campos, e é nessa prespectiva que durante o mandato “vamos tentar partilhar a nossa experiência com os outros países da CPLP, mas também inspirar nas boas práticas dos outros países”.

O diretor que falava aos jornalistas após a cerimónia, salientou que Cabo Verde tem o seguinte lema para a área da saúde “eliminando barreiras rumo ao acesso universal da saúde, aproveitando as tecnologia de informação e comunicação para unir os nossos países e reforçar a coopeação técnica que tem existido”.

Questionado sobre o apoio financeiro que que Cabo Verde vai receber do Brasil para esta presidência, Artur Correia adiantou que ainda durante a reunião da I Reunião de BLH da CPLP, vão debater como vai ser utilizado este apoio.

Testemunharam o ato os representantes dos países da CPLP, das organizações internacionais e ainda colaboradores e dirigentes do ministério da saúde e da segurança social.

passagem pasta tempore

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2019 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.