No âmbito do Dia Mundial contra as drogas, o Ministério da Saúde e da Segurança Socialatravés da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogasrealizou uma conferência subordinada ao tema «Escuta Primeiro - Escutar crianças e jovens é o primeiro passo para ajudá-los a crescer saudáveis e seguros».

O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário que presidiu a cerimónia de abertura da conferência, salientou que a erradicação da droga tem de assentar numa estratégia multidisciplinar de prevenção, redução de riscos e tratamento de toxicodependentes, sobretudo em relação aos jovens.

Na sua intervenção, o ministro explicou que o Governo pretende introduzir melhorias do quadro legislativo, “já aprovou em sede do Conselho de Ministros as resoluções para pedir autorização legislativa ao Parlamento para aprovar nova a Lei da droga e a lei do álcool”.

Explica Arlindo do Rosário que pretende -se com a nova Lei da droga, regular o consumo e tráfico de estupefacientes, definindo especificamente o processo criminal, os tipos de crime, as penas e as medidas de segurança e os respetivos pressupostos associados ao seu consumo e tráfico ilícito. 

O ministro sublinha ainda a importância do trabalho em rede “é necessário combinar mais os esforços num princípio de responsabilidade partilhada e integrado” “a hora é, pois, ação e ação concertada, integrada e em complementaridade”, conclui.

Na cerimónia de abertura participaram ainda a Coordenadora Residente do Sistema da Nações Unidas, Ana Graça e a Secretária Executiva da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas, Fernanda Marques.

foto Dia Mundial contra as drogas

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2018 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.