Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, presidiu esta quinta-feira, 14 de junho, à cerimónia de tomada de posse dos novos membros da Junta de Saúde de Sotavento. Fazem parte desta junta os médicos Luísa Maria Barros (Presidente), Iolanda Landim (Vice-Presidente) e os vogais, Helida Djamila Fernandes, Luis Dias de Andrade e Osvaldo Lisboa Ramos.

Na sua intervenção, Arlindo do Rosário agradeceu os membros da junta ora empossados por terem aceite o desafio de assumirem este compromisso. “Espero que saberão honrar com dedicação e zelo as novas funções para as quais foram hoje investidos”.

Em relação às evacuações externas, Arlindo do Rosário, falou da tendência crescente do número anual de evacuações e do custo económico e social e familiar que elas representam por isso disse que “gostaria de chamar a vossa atenção para a problemática das evacuações sobretudo para o exterior”.

Realçou, também, que Cabo Verde tem beneficiado de uma excelente cooperação com Portugal, e é nesta linha que fez referência ao recente acordo assinado entre as Direções de Saúde de Cabo Verde e de Portugal que visa eliminar as barreiras existentes e dar maior fluidez na gestão dos processos, sem perda de autonomia das juntas de saúde.

“Este acordo prevê, melhorar com o apoio da telemedicina e do sistema de videoconferência a comunicação entre os serviços dos hospitais recetores dos doentes e as juntas de saúde na discussão, pré evacuação dos casos, bem como o agendamento das consultas. Prevê ainda a criação, em Portugal, de uma equipa médica que fará o seguimento e avaliação periódica dos doentes evacuados, substituindo a Junta Adoc”, salienta o ministro.

Por seu lado, Luísa Barros, presidente da Junta, em nome dos empossados, agradeceu o voto de confiança, manifestando a disponibilidade da equipa em encontrar soluções possíveis para as evacuações externas e avaliação das incapacidades dos “nossos doentes, perspetivando a materialização do programa do governo”.

"A nossa equipa vai trabalhar para todos os Cabo-verdianos, para que sejam garantidos a universalidade, a justiça, a solidariedade e a equidade no acesso à evacuação”, afirma Luísa Ramos salientando que estão conscientes dos constrangimentos financeiros do país em dar respostas a todas as expetativas da população.

As Juntas são os órgãos colegial de consulta e aconselhamento do membro do Governo responsável pela área da Saúde nos domínios da evacuação de doentes para o exterior, bem assim, da avaliação da incapacidade para trabalho.

foto tomada de posse Junta de Saude

 

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2018 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.