Quarenta porcento dos doentes da Região de Barlavento, em tratamento de diálise no Hospital Dr. Agostinho Neto (HAN), na Cidade da Praia, vão poder fazer o tratamento na sua região, a partir de 2019. A Afirmação foi feita pelo Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, na assinatura do protocolo de cofinanciamento para construção desse centro, ontem, 09 de maio.

“O Centro de Diálise do Mindelo, que ficará sediado no Hospital Baptista de Sousa, virá responder a esta demanda e mitigar os custos sociais conexos com as evacuações dos doentes para a Praia. Assim teremos os doentes mais próximos de suas famílias, seus lugares de trabalho e sua vida social”, frisou.

Segundo o governante, a longo prazo, o ministério espera ter todas as condições legais criadas para a promoção de doadores para o transplante renal. “Estamos a trabalhar nas medidas legislativas que possam dar amparo legal, ao transplante de órgãos”.

Durante a sua, intervenção, Arlindo do Rosário, considera que se trata de um projeto ambicionado em Cabo Verde que tem como objetivo minimizar os custos agregados com a diálise tanto para o ministério como para os familiares dos doentes.

 “A resposta que estamos a concretizar na área de cuidados nefrológicos, deverá ter como desafio, as intervenções eficazes sobre as condições evitáveis e identificadas que causam a insuficiência renal em Cabo Verde, ou seja, diabetes e hipertensão”, afirmou.

Por seu turno, Luís Ramos, presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, que cofinancia a construção do Centro de Dialise de Mindelo, considera que este protocolo reafirma o empenho de Portugal na parceria com Cabo Verde na área da saúde.

 “Portugal está muito empenhado nesta parceria no sector da saúde, esperamos que a construção desta unidade possa ter lugar rapidamente e prometemos estar, em todas as fases, deste processo”, garantiu.

 O lançamento da primeira pedra do Centro de Diálise no Mindelo esta marcado para o mês de julho com o funcionamento previsto para 2019. A diretora do Hospital Baptista de Sousa, Ana Margarida Brito, afirma que será uma “mais valia” para a Região de Barlavento, “evitando assim problemas a muitas famílias pelo deslocamento do doente à Cidade da Praia para tratamento”.

O acordo tripartidário para a construção do referido centro de Diálise foi assinado entre o Instituto, o Ministério da Saúde e da Segurança Social e o Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação.

imagem centro diálise mindelo

 

 

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2018 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.