O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, presidiu nesta terça-feira, 21, na Cidade da Praia, ao ato de lançamento Campanha Reforço da Redução da Mortalidade Materno-Infantil em África (CARMMA), acompanhado da Comissária da União Africana para os Assuntos Sociais, Amira El Fadil e da Primeira Dama de Cabo Verde, Lígia Fonseca madrinha da Campanha.

A campanha CARMMA é uma iniciativa da União Africana e visa promover a implementação do plano de ação de Maputo para a redução da mortalidade materno-infantil na região africana, lançada em Maio de 2009 sob o lema: "África está preocupada: nenhuma mulher deve morrer de nascimento."

O Ministro da Saúde e da Segurança Social afirmou que o governo de Cabo Verde definiu que uma das prioridades para esta legislatura é a redução da mortalidade infantil de 15,3 por mil em 2015, para 13 por mil nascidos vivos até finais de 2021. “Trata-se de um compromisso que vai exigir do governo maior alocação de técnicos para o setor da saúde, reforço de capacitação dos profissionais, mais investimentos técnicos e materiais, medidas e politicas para melhorar o acesso a os cuidados de saúde de qualidade.

Este evento de lançamento da campanha CARMMA, vem no sentido de reforçar os compromissos do governo nesta matéria.” Arlindo do Rosário assegurou que o país tudo fará para implementar com sucesso esta iniciativa, em consonância com o programa de governação para dinamizar e contribuir, para que os objetivos nacionais e da Região Africana sejam alcançados no horizonte 2030, 2063.

A Primeira-Dama Lígia Fonseca, como a madrinha da campanha em Cabo Verde, assumiu durante a sua intervenção, levar esta bandeira a todos o cutelos e lugares do país, para contribuir para a redução da mortalidade materno Infantil, nas ilhas.

Lígia Fonseca considerou ainda que a educação a é base para se evitar as mortes materno-infantis. “A mulher que tem acesso à educação, ao transporte, à agua, à saúde e melhores condições económicas é aquela que tem menos probabilidade de ter complicações de parto e durante a gravidez, pois ela sabe quando é que quer engravidar e em que condições quer ter o seu filho."

O evento que aconteceu na sala Beijing da Presidência da República, foi assistida por vários dirigentes do Ministério da saúde, Organizações da sociedade civil e representantes de organismos internacionais sediados em Cabo Verde. No âmbito do lançamento desta iniciativa da União Africana em Cabo Verde, a Comissária da União Africana para os Assuntos Sociais, Amira Fadil e sua comitiva encontraram-se com várias autoridades nacionais, nomeadamente o Presidente da Assembleia Nacional e Presidente Interino de Cabo Verde, Jorge Santos e a Primeira Dama de Cabo Verde, Lígia Fonseca.

foto lancamento CARMMA 1 foto lancamento CARMMA 2 foto lancamento CARMMA 3

 

 

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2017 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.