IMG 021017O Ministério da Saúde e da Segurança Social em parceria com as Nações Unidas, realizou um Atelier de Validação do Plano de Ação de Saúde do Adolescente para o horizonte 2018-2020, nesta sexta-feira, 29 de setembro. O encontro que reuniu vários parceiros nomeadamente, o Ministério da Educação, Família e Inclusão Social, o ICCA, entre outros, visou a apresentação e discussão do Plano para recolha de subsídios com vista a sua validação.

Segundo a Coordenadora do Programa Nacional de Saúde do Adolescente, Dra. Belmira Miranda, o que se pretende é obter ganhos na saúde dos adolescentes Cabo-verdianos através da humanização dos cuidados de forma a aumentar o acesso dos adolescentes ao cuidado integral de saúde.

Este Plano prevê várias intervenções com vista à redução do consumo de álcool e outras drogas e as dependências, promoção de escolhas saudáveis e responsáveis na vida sexual e reprodutiva dos adolescentes, promoção da saúde mental, prevenção de comportamentos e situações de violência e exploração bem como promoção de hábitos e estilos de vida saudáveis, no seio deste grupo populacional.

A saúde do adolescente constitui atualmente um dos eixos prioritários de interversão dos serviços de saúde em Cabo Verde. Esta prioridade se assenta em dois pilares: o peso na pirâmide populacional que este grupo representa e por outro lado, por ser um grupo com especificidades próprias e que são portadores de oportunidades de novos valores sobre a saúde. Esses valores têm a potencialidade de modelar positivamente, comportamentos futuros na população geral, com particular interesse sobre o fenómeno do alcoolismo, dos hábitos tabágicos, a maternidade precoce, a violência baseada no género, entre outros fenómenos sociais com interesse para a saúde.

Ministério da Saúde e da Segurança Social

 
Palácio do Governo - C.P nº 47
Cidade da Praia
Ilha de Santiago - Cabo Verde
 
Direitos de autor © 2017 Ministerio da Saúde e da Segurança Social. Todos os direitos reservados.